Linha Farma

Voltar para Linha Farma

 

Flucovil®

A persistirem os sintomas, o médico deverá ser consultado.

Flucovil®

Flucovil®
fluconazol

INDICAÇÕES:
Flucovil® é indicado para o tratamento de candidíase vaginal e dermatomicoses, causadas por fungos, como: Tinea pedis, Tinea corporis, Tinea cruris e Tinea unguium (onicomicoses).

CONTRA-INDICAÇÕES:
Flucovil® é contra-indicado em pacientes com história de hipersensibilidade à droga ou a compostos azólicos e a qualquer dos componentes da formulação.

- Precauções:
- Em raros casos, assim como com outros azólicos, anafilaxia tem sido relatada com o uso do Fluconazol. Alguns pacientes tem desenvolvido raramente reações cutâneas esfoliativas, tais como a síndrome de Stevens-Johnson e necrólise epidérmica tóxica, durante o tratamento com o Fluconazol. Pacientes com AIDS são mais predispostos a desenvolver reações cutâneas severas a diversas drogas. Caso ocorra rash que seja considerado como atribuível ao Fluconazol, o medicamento deve ser descontinuado e terapia posterior com este agente deve ser desconsiderada.
- Raríssimos pacientes que morreram com doença de base severa e que haviam recebido doses múltiplas de Fluconazol apresentaram necrose hepática nos exames post-morten. Esses pacientes estavam recebendo múltiplas medicações concomitantes, algumas conhecidas por seu potencial hepatotóxico, e (ou) tinham doença de base que poderiam causar necrose hepática.
Consequentemente, uma vez que a relação causal com o Fluconazol não pode ser excluída, nos pacientes em que ocorra aumento significativo da enzimas hepáticas, a relação risco-benefício da manutenção do tratamento com Fluconazol deve ser avaliada.
- Um pequeno número de pacientes com AIDS desenvolve reações cutâneas severas ao receber o Fluconazol concomitantemente a outros agentes conhecidos por sua relação com esfoliação cutânea severa. Caso ocorra rash, que seja considerado como atribuível ao Fluconazol, terapia posterior com este agente deve ser desconsiderada. Pacientes com infecções fúngicas sistêmicas/invasivas que desenvolvam rash devem ser cuidadosamente monitorizados, sendo que o Fluconazol deve ser descontinuado se ocorrerem lesões bolhosas ou eritemas multiformes.
- O uso do Fluconazol durante a gravidez deverá ser evitado, exceto em pacientes com infecções fúngicas severas ou com potencial risco de vida e nos quais os potenciais benefícios possam superar os possíveis riscos ao feto.
- O Fluconazol é encontrado no leite materno em concentrações significativas.
Portanto, seu uso não é recomendado durante a lactação.
- Não existem dados disponíveis sobre o uso do Fluconazol em neonatos; portanto,seu uso em crianças abaixo de um ano não é recomendado. Os dados disponíveis sobre o uso de Fluconazol em crianças com idade abaixo de 16 anos são limitados e, portanto, até o momento, seu uso não é recomendado nestes pacientes a menos que o tratamento antifúngico seja imperativo e não existam agentes disponíveis alternativos adequados.

Posologia e Administração:

ADULTOS
– Dermatomicoses (infecções causadas por fungos, também chamadas de micoses, na pele ou nos anexos do corpo, do pé, região da virilha-crural) e infecções por Candida: 1 dose oral única semanal de Fluconazol 150mg. A duração do tratamento depende da infecção (localização, agente causador e gravidade) geralmente é de 2 a 4 semanas, mas em alguns casos pode ser necessário um tratamento de até 6 semanas.
- Tinha ungueal (micose da unha ou onicomicoses): 1 dose única semanal de Fluconazol 150mg. O tratamento deve ser continuado até que a unha infectada seja totalmente substituída pelo crescimento. A substituição das unhas das mãos pode levar de 3 a 6 meses e a dos pés de 6 a 12 meses. Porém, a velocidade de crescimento das unhas muda de pessoa para pessoa. Mesmo após o tratamento, as unhas podem, ocasionalmente, permanecer deformadas.
- Candidíase vaginal (infecção vaginal por fungos do gênero cândida): 1 dose única oral de Fluconazol 150mg.
- Candidíase vaginal de repetição, ou recorrente: dose única mensal de Fluconazol 150mg. A duração do tratamento depende da avaliação médica, mas varia de 4 a 12 meses. Algumas pacientes podem necessitar de um regime de dose mais freqüente.
- Para balanite por Candida (infecção fúngica da região conhecida popularmente como “cabeça do pênis”), deve ser administrada 1 dose única oral de Fluconazol 150mg.
- Instruções para administração: As cápsulas podem ser tomadas juntamente com as refeições.

Apresentação:
- 150mg – caixa com 01 cápsula
- 150mg – caixa com 02 cápsulas

Reg. M.S. nº:
1.0917.0055
Referência: Zoltec®

Classe terapêutica: antimicótico

 

Conheça nossa linha de produtos